...E os Dois Tornam-se Um
Ninguém se casa esperando viver triste ou frustrado. Entretanto, há muitas forças que se opõem ao sucesso conjugal. É necessário um conhecimento claro e completo dos perigos que poderão assolar esse relacionamento para direcionar a vida a dois num rumo que traga a satisfação que foi criada para dar.

Como já dizia um velho pastor, "Se o velhaco soubesse como é bom ser crente, por velhacaria seria crente." As Escrituras Sagradas oferecem as bases sólidas sobre as quais o casamento tem a melhor probabilidade de sobreviver, mesmo no mar agitado dos nossos dias.

Estudando o tema do relacionamento familiar do ponto de vista da Palavra de Deus, este é um livro que pode ser usado como material de estudo para um grupo de casais ou uma classe de escola dominical. Com o respaldo de inúmeras passagens bíblicas, os temas desenvolvidos abrangem primeiro o plano de Deus para o casamento, o modelo bíblico para o marido e para a esposa. Em seguida, tratam dos maiores problemas que a maioria dos casamentos enfrenta: falhas na comunicação, dificuldades no relacionamento sexual e problemas nas questões financeiras. Depois é tratada a questão da educação dos filhos e do cultivo da vida espiritual.

Cada capítulo é encerrado com uma série de perguntas que visam ajudar os leitores a pensar sobre o que foi ensinado e a comparar isso com a realidade que eles estão vivendo, tirando assim lições práticas para a vida.

Excerto tirado do Capítulo Um (págs.15-16)

Quando o Senhor Deus criou o casamento e instituiu os parâmetros que devem regê-lo, essa união envolvia duas pessoas que ainda não haviam pecado. Depois da queda do homem, o pecado passou a dominar sua vida e seus relacionamentos. Entretanto, se Deus permitiu o divórcio por causa da dureza do coração humano, não mudou o plano original, conforme Jesus enfatizou: "não foi assim desde o princípio" (Mateus 19:8).

Os problemas que assolam o casamento resultam, portanto, de um plano perfeito estar sendo executado por seres imperfeitos, mesmo quando estão buscando seguir o que Deus determinou para eles. Não pode existir um plano melhor, pois quem no-lo deu é Aquele que nos fez, que nos ama com amor indizível, e que deseja que tenhamos vida abundante em Seu Filho, que desceu à terra para nos remir do nosso pecado. Sendo assim, para a nossa própria felicidade, devemos procurar estudar as implicações desse plano ideal para que, auxiliados pela instrução e poder do Espírito Santo que habita em nós, possamos nos dedicar a pô-lo em prática em nossa vida conjugal.

No cadinho do casamento são refinadas as personalidades, é depurado o egoísmo característico do ser humano, são aguçadas a compreensão e a aceitação mútuas. Se há um relacionamento no qual aprendemos a amar de verdade ou vamos ser muito infelizes, é o casamento. À medida que aprendemos a amar nosso cônjuge e nossos filhos com o amor que Deus nos ensinou, estaremos mais aptos a amar o nosso próximo, e, ao fazermos isso, aproximamo-nos cada vez mais dAquele que nos criou.

A versão impressa do livro está esgotada, mas é possível adquerir a versão ebook na Amazon ou na Livraria Saraiva.

E Os Dois Tornam-se Um
Wanda de Assumpção
Cód: 10106 - 128 págs.